Sitrampa se solidariza à comunidade de Blumenau e solicita reforço na segurança das unidades de ensino

Nesta quarta-feira, 5, a cidade de Blumenau foi abalada com uma triste notícia. Quatro crianças foram mortas e cinco ficaram feridas após ataque de um homem de 25 anos, que invadiu uma creche particular com uma machadinha.

O Sitrampa vem a público manifestar toda sua solidariedade aos trabalhadores, familiares das vítimas e toda a comunidade de Blumenau. “É urgente reforçarmos a segurança escolar através de rondas e guarda patrimonial. Esse não é um fato isolado,” lamentou o presidente da entidade, Everton Sotero.

Conforme matéria divulgada pela imprensa nacional no dia de hoje, o Brasil teve mais de 10 ataques a creches e escolas desde 2011. Para saber onde ocorreram os crimes, clique AQUI.

Infelizmente, a sociedade brasileira foi estimulada a praticar atos de ódio durante anos, fruto de um governo que cometia atitudes nesse sentido cotidianamente. Portanto, é preciso rever alguns comportamentos e tentar reverter esse sentimento em algumas pessoas. O Sitrampa não desistirá dessa luta! 

Prova disso é que, ainda hoje, o sindicato enviou ofício à prefeitura de Palhoça cobrando o recurso da ronda nas escolas e CEI’s e a ampliação do quadro efetivo de guarda patrimonial na rede e posterior criação do cargo de segurança escolar. Ambas as medidas buscam prevenir situações de risco e evitar maiores danos. 

Para ler o ofício, clique AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 3 =