Caderno das Carreiras: professores e suporte pedagógico de Palhoça que ingressaram a partir de 2011

Em 2021, o Sitrampa ganhou na Justiça a ação coletiva que tratava da promoção por tempo de serviço (PTS), restabelecendo o direito à essa promoção automática, além do recebimento dos valores retroativos.

Esse direito dos profissionais do magistério público municipal não era aplicado pela Prefeitura de Palhoça, resultando em prejuízo financeiro e de tempo para os trabalhadores e trabalhadoras.

Após esta conquista na esfera judicial, a carreira do magistério no município, que vai da Letra A até a Letra M, tornou-se possível de se alcançar antes da aposentadoria. Com o resultado da ação, os profissionais do magistério puderam encurtar o tempo de progressão em até 6 anos, conseguindo chegar ao final da carreira com todas as letras.

Além disso, desobrigou a apresentação de pelo menos 900 horas de cursos que deveriam ser apresentadas ao longo de toda a carreira, agregando assim, uma referência de letra de maneira automática a cada cinco anos, em alternância com a promoção por aperfeiçoamento (cursos).

Mas atenção!

Os profissionais devem ficar atentos ao ano de efetivação e observar a alternância. Nesse momento somente os profissionais do magistério ingressados em concurso público a partir de  2011 estão inseridos nesse modelo.

Veja o documento completo com as tabelas aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois + 9 =