Onde estão os tablets anunciados pelo prefeito Eduardo Freccia e pelo secretário de Saúde Rosiney Horácio?

Anúncio da aquisição dos equipamentos foi feito há mais de meio ano, porém, aparelhos jamais chegaram às mãos dos profissionais

 

 

 

Em agosto de 2021, a prefeitura de Palhoça anunciou o fornecimento de 220 tablets que seriam utilizados pelos Agentes Comunitários de Saúde do município, como um instrumento para dar agilidade aos processos realizados pelos profissionais. Ocorre que, no momento do anúncio feito pelo prefeito Eduardo Freccia, apenas 14 aparelhos foram entregues.

 

Veja aqui matéria da Prefeitura sobre a entrega dos equipamentos, em 2021

 

Em visita às unidades de saúde, a direção do Sitrampa questionou os profissionais acerca do uso dos aparelhos, sendo que o relato é de que tais equipamentos jamais foram fornecidos. O único material de trabalho dado aos Agentes Comunitários de Saúde é papel, caneta e computadores precários, em salas improvisadas.

 

O questionamento do Sitrampa é: onde estariam os tablets anunciados em agosto do ano passado? Por que ainda não foram fornecidos aos ACS?

 

Como o próprio Executivo afirmou na época, os tablets evitariam o retrabalho da anotação dos dados nas planilhas in loco e o posterior repasse para o sistema de saúde através da digitação, dando agilidade na execução das tarefas.

 

Vale ressaltar ainda que os ACS passaram a realizar diversos procedimentos durante a pandemia, garantindo assim o direito à insalubridade de 40%, conforme a regra estabelecida na Lei Complementar 096/2010.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 4 =