Conselho Municipal de Assistência Social envia Carta ao prefeito Eduardo Freccia

O Conselho Municipal de Assistência Social de Palhoça enviou ao prefeito Eduardo Freccia um documento pedindo a implantação de um sistema que possibilite aos servidores da área realizarem suas atividades de forma híbrida e/ou em escala de revezamento.

 

A Carta enviada ao chefe do Executivo municipal foi aprovada em plenária da categoria e destaca alguns pontos, entre eles, o fato de que os/as trabalhadores/as do SUAS não foram incluídos/as no Plano de Vacinação do Ministério de Saúde, publicado em 21 de janeiro de 2021, que estabelece a ordem de prioridades de grupos para receber a vacina contra a Sars CoV-2 (Covid-19).

 

Outros pontos destacados são o aumento dos casos de contaminados e de mortes no em Santa Catarina, e a condição do município de Palhoça não dispor de rede hospitalar.

 

O Conselho Municipal de Assistência Social avalia que a implementação de um regime de trabalho diferente do que está sendo realizado neste momento pode ser uma estratégia para contribuir com a diminuição da disseminação de Covid-19.

 

Leia o documento na íntegra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × um =