Sitrampa solicita interrupção imediata das atividades na Escola Básica Professora Laurita Wagner da Silveira

Durante visita realizada por dirigentes do Sitrampa à Escola Básica Professora Laurita Wagner da Silveira, nesta terça-feira, dia 1º, foram identificadas demandas urgentes, situações que podem até mesmo colocar em risco a vida de profissionais e estudantes que frequentam o local. 

No primeiro dia após o recesso escolar, a unidade encontra-se como um verdadeiro canteiro de obras devido à reforma em andamento. Ocorre que, a situação precária da estrutura inviabiliza o desenvolvimento do trabalho docente dentro da normalidade e coloca em risco a segurança das crianças, adolescentes e dos profissionais da educação. 

Durante a visita, observou-se que não há condições para a manutenção das aulas sem o término da reforma, pois a execução dos serviços coloca em risco a segurança de todos, além de prejudicar fortemente a aprendizagem dos alunos. A poluição sonora e os trabalhos de reforma realizados ao mesmo tempo interferem diretamente no trabalho dos professores.

Os profissionais que atuam no local já acionaram a Secretaria Municipal de Educação, porém, até o momento, a situação permanece a mesma, sem uma solução. A direção do Sitrampa defende que é necessária a interrupção imediata das atividades naquela unidade escolar.

Um ofício foi enviado ao Executivo relatando a situação verificada. Aguarda-se agora um posicionamento da administração em relação ao caso. A comunidade escolar espera da Prefeitura uma ação imediata, a fim de preservar a integridade física de todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 − 3 =