Acordo judicial firmado entre Sitrampa e Prefeitura resulta na maior efetivação de servidores(as) na Secretaria de Educação

Um acordo firmado entre o Sitrampa e a prefeitura de Palhoça resultará no chamamento de 546 novos servidores da Educação até 2024. O entendimento entre o sindicato e o Executivo faz parte da Ação Civil Pública que questionava o excesso de contratações de trabalhadores Admitidos em Caráter Temporário (ACTs) para a área da Educação no município. Cabe lembrar que a luta do Sitrampa sempre se deu em torno da importância de efetivar profissionais concursados para o preenchimento de vagas existentes no serviço público municipal.

Após inúmeras tratativas e levantamento feito pelo Sitrampa a respeito das vagas e locais de trabalho, chegou-se ao acordo de efetivar outros 300 profissionais, além dos 246 já efetivados pela Secretaria Municipal de Educação (SME) até então. Isso representa a maior chamada de servidores(as) da história da SME e da prefeitura de Palhoça.

As chamadas serão distribuídas da seguinte forma: até o momento, já foram efetivados 246 profissionais. Até dezembro deste ano, haverá a convocação de 100 novos concursados, sendo 55 para a Educação Especial e 45 para a Educação Infantil. Em 2024, serão convocados outros 200 servidores(as), distribuídos entre Educação Especial, Educação Infantil, Anos Iniciais, Anos Finais e Suporte Pedagógico.

O presidente do Sitrampa, Everton Sotero, avalia que o acordo representa uma grande conquista para os trabalhadores(as) da Educação e um avanço significativo na qualidade do ensino oferecido no município. “O déficit de profissionais é um fator que interfere diretamente na dinâmica das unidades de ensino. Ainda existem muitos pontos que precisam de atenção, mas este reforço no quadro de pessoal com certeza representa um considerável avanço”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis − 14 =