Nota de solidariedade e apoio à greve dos trabalhadores municipais de Florianópolis

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Palhoça (Sitrampa), vem expressar todo apoio à greve dos trabalhadores da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), que iniciou às zero hora do dia 31 de maio 2023, e repúdio às práticas antissindicais cometidas contra o movimento paredista.

Os trabalhadores do serviço público municipal de Florianópolis estão sendo severamente criminalizados por defenderem seus direitos. Em greve desde o dia 31/5, eles não estão sendo recebidos para negociação com o governo Topázio Neto, que, numa escalada autoritária dirigida ao sindicato da categoria, ameaça demitir, multar e prender.

A greve dos trabalhadores da Prefeitura de Florianópolis é por concurso público e contra a terceirização através de organizações sociais, um modelo de gestão que acumula denúncias de fraudes e precarização de salários e direitos dos trabalhadores e do atendimento à população por todo o país.

A greve também é por valorização dos trabalhadores e pelo pagamento de pisos e carreiras (magistério, enfermagem e quadro civil), que já estão em lei, mas são descumpridos pela PMF. Por fim, a greve também faz a defesa da previdência e de condições de trabalho dignas.

Em respeito ao direito constitucional à greve e ao direito da população a um serviço público de qualidade, exigimos do governo Topázio Neto uma mesa de negociação imediatamente para que as pautas da categoria possam ser tratadas e que todas as ameaças e tentativas de punição sejam retiradas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × dois =