Sitrampa solicita que SME realize reuniões e paradas pedagógicas no expediente de trabalho para não prejudicar servidores ACTs

O Sitrampa enviou ofício ao Executivo municipal, solicitando à Secretaria Municipal de Educação de Palhoça que aplique possíveis atividades extras durante o expediente de trabalho.

O sindicato tem recebido relatos a respeito da obrigatoriedade do cumprimento da carga horária em excesso e obrigatoriedade de trabalho aos finais de semana e feriados, sem o devido pagamento em dinheiro ou a devida folga em prol dos trabalhadores.

Há também denúncias de que, havendo recusa do trabalhador a cumprir o determinado por sua chefia imediata, ele sofre ameaça, inclusive de responder Processo Administrativo Disciplinar, em virtude da não aceitação de trabalhar além da sua carga horária como, por exemplo, em reuniões, formações ou paradas pedagógicas fora do horário ou em contra turno.

Estas situações atingem diretamente os trabalhadores com Contrato de Trabalho Por Tempo Determinado (ACT) e trabalhadores que integram o quadro civil de Palhoça.

Para acessar o ofício na íntegra, clique AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + 16 =