Sitrampa diz não à Reforma Administrativa nas ruas da capital

Representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palhoça (Sitrampa) foram às ruas da capital catarinense, nesta quarta-feira (18), para protestar contra a tentativa do governo federal de desmontar os serviços públicos no País. A PEC 32, da Reforma Administrativa, não atinge apenas a carreira dos servidores, mas toda a sociedade.

A proposta está em tramitação no Congresso Nacional e atinge servidores de todas as esferas: municipal, estadual e federal. É o verdadeiro desmonte do serviço público sob o discurso de que irá acabar com “privilégios”. Se aprovada, a Reforma Administrativa vai resultar na precarização das condições de trabalho, o que será sentido por toda a população.

O objetivo das manifestações que vêm sendo realizadas em todo o país é mostrar à sociedade a importância dos servidores e dos serviços públicos para a população. A luta de todos é imprescindível para derrotar mais este ataque. É preciso esclarecer os efeitos nocivos da Reforma Administrativa, que, entre tantas outras consequências, abre espaço para privatização de áreas essenciais, colocando os recursos públicos nas mãos de empresas privadas.

A PEC 32 poderá ser votada ainda este mês e o Sitrampa estará na luta com os servidores(as) enquanto a proposta não for barrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 − sete =