REPOSIÇÃO DE AULAS – Greve dos Caminhoneiros

Em consequência da greve nacional dos caminhoneiros que afetou diretamente a vida cotidiana de uma parcela expressiva da população brasileira, no município de Palhoça a situação não foi diferente, motivo pelo qual, entre os dias 25 de maio a 30 de maio, as aulas na rede municipal foram suspensas.

 

Assim, visando resguardar o direito estatutário dos servidores, este sindicato requer da administração pública municipal que seja respeitado o Estatuto do Magistério e as aulas não sejam repostas nos períodos de recesso escolar.

 

A Direção do SITRAMPA entende que os servidores não devem ser prejudicados ou penalizados por questões que são alheias às suas vontades. Ainda, caso algum servidor se sinta prejudicado deve procurar o sindicato.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete − seis =