O SITRAMPA iniciou negociações junto ao executivo municipal para garantir a manutenção do auxílio alimentação para os servidores afastados para tratamento de saúde com enfermidades consideradas graves.

 

A ideia é estabelecer como parâmetro para definição de doenças graves aquele já utilizado pela previdência social, garantindo ao servidor que não tenha diminuído o seu rendimento naquele momento de maior necessidade.

 

O Prefeito Camilo Martins disse concordar com à ideia, e solicitou a sua procuradoria estudos sobre a viabilidade da alteração, o que deve ser feito em conjunto com o sindicato.